O que é planejamento ágil?

Gestão e Liderança

O planejamento ágil tem sido disseminado e adotado como prática em grande parte das equipes de projeto. Assim como em áreas estratégicas das organizações com relação ao seu planejamento da estratégia do negócio.

Em 2001, um grupo de desenvolvedores escreveu um manifesto ágil que se baseia em alguns valores e princípios, entre eles:Responder às mudanças, mais que seguir um plano.

Este manifesto e sua propagação no ambiente tecnológico deu origem a um pensamento mais ágil em relação ao planejamento de projetos e tarefas.

Hoje implementação de muitas práticas extrapolam as equipes de tecnologia e estão sendo aplicadas a praticamente todas as áreas de conhecimento.

É muito natural que, ao termos contato com novas formas de pensar, em algum momento, nos posicionemos contrários ao passado, rejeitando o modo antigo de fazer.

Tenho percebido que muitos líderes associam a aplicação de métodos ágeis a falta de planejamento. Ainda mais se acumulam experiências ruins com planejamentos que fracassaram, o que sempre nos induz a outra polaridade, que é não planejar. 

O pensamento tradicional a respeito do planejamento está ancorado na previsibilidade e no controle do futuro. O que, em ambientes complexos e de mudanças rápidas, é praticamente impossível. Poderíamos prever e controlar a pandemia que se instalou mundialmente nos últimos dias? 

Frederic Laloux, em sua série de vídeos sobre propósito evolucionário, compartilha reflexões sobre seguir ou não com o planejamento de longo prazo. E eu acredito que suas considerações fazem muito sentido.

Frederic Laloux: Devemos parar de planejar?

A partir da minha compreensão, compartilho alguns insights com você.

Planejar não é ruim. 

O ruim é planejarmos demais, nos apaixonando pelo planejamento detalhado e apostando todas as nossas fichas nesse planejamento. O planejamento deve ser somente o necessário para manter-nos em direção ao nosso propósito. Ou seja, na direção do problema que buscamos resolver. Avalie o contexto e avalie quanto planejamento é necessário. Concentre-se no mínimo.

O planejamento pode falhar.

Acreditar que o planejamento é infalível e nos fixarmos a ele, esquecendo-se de ouvir e observar o contexto e as mudanças necessárias é perigoso. É importante revisar o planejamento constantemente, mantendo o planejamento vivo e adaptando-o ao contexto.

Apaixone-se pelo problema e não pela solução” – Ash Maurya  

Mude a forma de pensar.

Independente da prática ou ferramenta de planejamento que utilizamos, é importante mudar a nossa forma de pensar. Como? Desprendendo-nos da necessidade de controle e de previsibilidade quanto ao futuro e aceitando e integrando as mudanças. 

Como você tem lidado com o planejamento na organização em que atua hoje?

Leia mais artigos no blog:

https://www.fabianamello.com.br/o-que-e-planejamento-agil/

https://www.fabianamello.com.br/como-nao-desperdicar-tempo-em-reunioes/

https://www.fabianamello.com.br/capitalismo-consciente-voce-ja-conhece-esse-movimento/

Últimas Atualizações:

Menu