10 ideias de como melhorar sua vida durante o isolamento

Essa crise do COVID-19 está mudando radicalmente nossas vidas. Apenas alguns meses atrás, não tínhamos ideia do que hoje estaríamos enfrentando, confinados em nossas casas. Esta crise é um lembrete poderoso de quão importante é a liberdade de ir e vir – e de quanto precisamos de conexão humana!

Lembre-se de que você não está sozinho. Porque o diferente aqui é que todos fomos impactados! Todos em todo o mundo, estão passando por algo semelhante a você.

Tudo pode ser tirado de uma pessoa, exceto uma coisa: a liberdade de escolher sua atitude em qualquer circunstância da vida. – Viktor Frankl

Que escolhas podemos fazer neste momento? Comecei a quarentena me impondo um ritmo bem acelerado. Novas ideais, novos conteúdos, mas os dias foram passando e me sinto agora como se estivesse no meio de uma maratona, mas com pouca energia para chegar ao final. Isto esta fazendo com que eu tenha que repensar o meu ritmo. E cada um de nós precisa encontrar o seu. O que faz sentido, sem se perder na jornada. E ninguém fará isso por nós. 

Compartilho com você aqui 10 ideias que podem te inspirar a melhorar a sua qualidade de vida enquanto o isolamento se faz necessário.

1. Crie uma rotina saudável e de suporte

Quando nos sentimos impotentes ou sem ajuda (como muitos de nós nos sentimos no momento), uma coisa fácil a fazer é criar uma rotina ou um cronograma.

Enquanto estamos todos esperando ansiosamente em casa, é fácil perder a noção do tempo. Os dias podem começar a se misturar. Uma rotina pode nos dar uma âncora e um maior senso de controle sobre nossas vidas. E se você tem filhos, criar uma rotina é especialmente importante para dar a eles uma sensação de normalidade.

Certifique-se de incluir a preparação da comida, o tempo social, o exercício e o tempo ao ar livre (se for possível para você), além de algum aprendizado ou criatividade, para que você se beneficie desse momento desafiador.

Também é importante reconhecer fins de semana, porque é muito fácil nos perdermos com relação ao tempo. O que poderia transformar o seu final de semana em dias mais leves nesta quarentena?

Portanto, crie uma rotina para uma sensação de controle e domínio sobre o ambiente e as circunstâncias da vida. Recupere o poder que você pode ter sobre sua própria vida, porque com toda essa incerteza é importante para você – e especialmente importante para as crianças – ter alguma previsibilidade.

2. Cuide do seu corpo físico!

Cuidar do corpo ajuda a manter sua saúde! Portanto, adicione alguma atividade física à sua agenda – menos de 15 minutos por dia são um ótimo começo.

Adote uma prática de yoga – excelente para fortalecimento, flexibilidade – e calma! Existem muitas opções online. 

3. Aprenda com livros de não ficção

Use esse tempo em casa para o autoaprendizado com livros de não ficção. Há muito a ganhar – como autoconfiança, habilidades de negociação, como ter conversas difíceis e muito mais.

Aqui estão algumas idéias de livros para você pensar:

Finalmente, leia memórias ou biografias! Escolha alguém que você admira, inspire-se e aprenda como outras pessoas pensam – e vivem suas vidas. Minha sugestão é: Longa Caminhada até a Liberdade. Escrevi um artigo com reflexões sobre este livro, você pode acessar clicando aqui.

Ler um livro expandirá sua mente, ler vários desses livros o tornará mais interessante, o ajudará a aprender novas habilidades – e talvez até contribua com seu desenvolvimento profissional!

4. Explore sua visão de vida

Em vez de assistir a inúmeras notícias, você pode optar por se concentrar em uma imagem maior – o seu futuro. O que você quer do resto da sua vida? O que você ficaria desapontado por NÃO ter feito? Onde você se imagina daqui a 10 anos?

Ter uma visão clara de como você deseja que sua vida seja é um poderoso motivador. Uma visão nos ajuda a caminhar em direção a nossos objetivos. Em breve, todos estaremos super ocupados novamente (se você já não estiver com inúmeras reuniões online) — e uma visão pode ser exatamente o que você precisa para manter o foco!

Aqui estão 5 perguntas para refletir ou fazer um diário para aprofundar:

  • O que você deseja ou anseia em sua vida?
  • Como você quer se sentir?
  • O que você realmente quer que seja diferente em sua vida?
  • O que teria acontecido em três anos para que sua vida seja espetacular e você se sinta bem consigo mesmo?
  • Qual é o seu sonho para esta vida? Imagine que você tem 90 anos e olha para a sua vida; o que você gostaria de ter feito para se sentir orgulhoso e feliz?

DICA: Lembre-se de pensar em possibilidade, não em probabilidade! Não se limite em suas idéias, porque você não acredita que algo seja provável. Em vez disso, acredite que é possível – e mesmo que você não chegue até lá, você pode se aproximar – ou até encontrar algo melhor ao longo do caminho!

Se você precisar de ajuda para criar uma visão para sua vida, entre em contato comigo e agende uma sessão gratuita, enviando email para [email protected]

5. Esteja no momento

Neste momento você está bem. Você está seguro. Tome um dia de cada vez. Uma hora ou até uma respiração de cada vez, se necessário.

Essa dica é sobre estar super presente, não pensar no futuro ou lembrar o passado, mas praticar SER.

Esta é uma PRÁTICA – o que significa que você terá que repetir várias vezes – voltar ao AGORA. Com o tempo, fica mais fácil e se torna uma grande habilidade.

Então, quando você perceber que está preocupado, se sentindo nervoso e quiser pegar o seu celular e descobrir qual é a “notícia mais recente” sobre a situação do COVID-19, volte ao momento presente e diga a si mesmo: “Neste momento está tudo bem comigo.” 

DICA EXTRA: Reduza ou minimize a frequência com que assiste e lê as notícias! E NÃO leia ou assista às notícias (ou artigos sobre COVID-19 ou similar) antes de dormir!

6. Comece um diário!

Se você sempre quis fazer um diário, agora é uma boa hora para começar. Mais do que apenas manter um registro do seu dia, um diário pode ajudá-lo a explorar e filtrar seus sentimentos e experiências e aprender com eles. É uma ótima maneira de investir em autoconhecimento.

Algumas perguntas que podem nortear sua reflexão:

  1. Qual foi meu maior aprendizado no dia de hoje?
  2. Quais os sentimentos que permearam o meu dia?
  3. A quem ou a que devo ser grata?
  4. O que foi essencial e o que foi acessório?
  5. Que novos anseios surgem?

7. Seja gentil!

Bondade e compaixão são ferramentas poderosas que qualquer um de nós tem em sua caixa de ferramentas neste momento.

Use a gentileza consigo mesmo quando estiver com medo ou se sentir ansioso ou inquieto. Seja gentil. Imagine que você está acalmando um amigo, uma criança pequena que tem medo – o que você diria a eles? Então diga isso para si mesmo!

Use a bondade para dar a si mesmo – e aos outros – o benefício ou a dúvida. Em vez de ficar chateado quando você vê outras pessoas se comportando mal, lembre-se de que todos fazemos coisas tolas quando estamos com medo.

Imagine que você tem um eu gentil e sábio. Uma parte sua que é imperturbável, inteligente e ama incondicionalmente TUDO o que existe. Agora, quando você precisar, imagine que o eu gentil e sábio está com você, apoiando-o, talvez dando-lhe um abraço – e dizendo exatamente o que você precisa ouvir.

8. Ajude outras pessoas

Ajudar os outros é empoderador e nos faz sentir bem. Aqui estão algumas maneiras pelas quais você poderia ajudar outras pessoas.

  • Fale com um vizinho ou amigo e veja se ele precisa de algo. Você pode fazer isso por telefone ou pessoalmente, lembrando-se de manter a distância recomendada.
  • Ajude alguém menos esclarecido tecnicamente a aprender como usar o Zoom ou o WhatsApp ou o que for necessário para ficar online.
  • Organize uma reunião virtual com seus amigos comuns.
  • Reconecte-se mais profundamente com amigos ou parentes que estão distante.

O que você tem feito para ajudar alguém?

9. Viva seus valores

Quando conhecemos nossos valores, entendemos o que nos motiva e nos impulsiona. Quando construímos nossas vidas em torno de nossos valores, criamos uma vida que é significativa. Finalmente, quando alinhamos nossas ações aos nossos valores – estamos sendo verdadeiramente autênticos.

Viver nossos valores pode ser a coisa mais importante que qualquer um de nós pode fazer agora.

Aqui está um exercício que você pode fazer, caso não tenha clareza sobre quais são os seus valores:

  • Liste seus principais valores em um pedaço de papel ou em seu diário – 6 no máximo.
  • Dê a cada valor uma pontuação que represente como você está vivendo esse valor em sua vida agora (0 significa que não está vivendo e 10 representa totalmente).
  • Para as pontuações que são 8 ou mais – ótimo!
  • Para as pontuações que são 7 ou menos, pergunte-se: Como eu poderia expressar esse valor na minha vida agora? O que eu poderia fazer de diferente ou abordar de maneira diferente, para me sentir bem sobre como vivo esse valor em minha vida?

Por exemplo: você tem um valor de criatividade, mas só está conseguindo ‘seguir em frente’ agora e sua pontuação é 4/10. Pergunte a si mesmo como você pode ser mais criativo durante esse período – talvez na gastronomia, arte ou escrever um artigo. Quem sabe ajudar seus filhos a fazer algo criativo, ou até assistir a um documentário sobre alguém criativo que você admira …

Se você não conhece seus valores, agora é um ótimo momento para aprender. Agende uma sessão de coaching gratuita, enviando email para [email protected]

10. Comece uma prática de meditação

A meditação é uma prática comprovada cientificamente capaz de trazer calma interior, nos ajudar a ser mais criativos e mais felizes. São muitos os benefícios.

Há muito o que aprender sobre meditação – e é chamado de Prática de Meditação por um bom motivo. Você pode começar com apenas 5 minutos por dia – e é bom criar uma rotina para meditar no mesmo horário todos os dias. 

Ajuda ter um espaço silencioso em que você não seja interrompido – o que muitos de nós não tem no momento. E para algumas pessoas, tentar meditar quando ansioso pode ser estressante. Se for esse o caso, ouça uma meditação guiada relaxante.

Outra idéia é ouvir uma meditação do sono.

O que eu tenho feito?

Então, que idéias ressoaram em você? Eu tenho praticado yoga e meditação diariamente. Me ajudam a manter o equilíbrio e a calma interior, ainda que nos últimos dias tenha sido um desafio bem grande. Também tenho refletido muito sobre meus valores e procurado colocá-los em prática nas decisões que venho tomando todos os dias. Com relação a rotina, para mim é muito importante diferenciar os dias e marcar o ritmo diário. Isto tem me exigido muito estado de presença.

Acredite que você tem as habilidades e o poder para enfrentar essa situação e você o fará! Escolha tirar o melhor de uma situação difícil e não importa como – você encontrará uma maneira.

O isolamento social terminará em algum momento. Ainda não temos certeza de quando. Se sairemos os mesmos? Eu acredito que não! Como sairemos? Cada um de nós encontrará a sua resposta. 

Minha intenção é que seja possível sairmos todos mais HUMANOS.

Leia mais artigos no blog:

De vítima a protagonista: Como virar o jogo?

Como equilibrar o poder feminino e masculino no exercício da liderança?

Satisfação no trabalho: o desafio é encontrar o seu propósito

Últimas Atualizações:

Menu