Como atingir a alta performance?

Gestão e Liderança

Equipes de alta performance são o objetivo de todo líder em uma organização. Mas porque não é simples alcançar esse ideal? Percebo que muito tem se falado sobre indicadores e metas quantificáveis alcançadas, como evidência de uma boa performance. Porém, não é tão simples assim.

Um dos objetivos do movimento Management 3.0 é tornar o ambiente de trabalho mais feliz e produtivo. Alta performance sustentável só é possível quando o colaborador sente-se engajado e energizado com o trabalho que realiza. A partir dos conceitos, práticas e ferramentas propostas em Management 3.0, acredito que só é possível atingir alta performance quando:

1. Eu me sinto energizado. 

Se minha atividade não me mantém ativo, criativo e motivado, talvez até seja possível alcançar bons resultados, mas não em longo prazo. “Energizar” um papel na equipe que não me motiva, isso me levará, fatalmente, a conviver com estresse, ansiedade e frustração, o que, em algum momento, impactará meus resultados. Como lidar com isso? Devo identificar o que me motiva, em primeiro lugar. E, a partir desse lugar, dar espaço para compreender o outro. Se você ainda não conhece os 10 motivadores propostos por Jurgen Appelo, pare o que está fazendo agora e faça uma autoanálise. Você encontra informações clicando aqui.

2. Tenho autonomia para tomar decisões na minha área de atuação. 

É interessante como a visão mecanicista das organizações nos leva a buscar alta performance, enquanto tentamos controlar e monitorar as pessoas que nos rodeiam. Alta performance depende de autonomia. É preciso que os colaboradores sejam tratados como adultos e possam tomar decisões em suas áreas de atuação a partir de limites claro e preestabelecidos. 

3. Sei onde quero chegar.

Quando você está em dúvida sobre seu destino, você se movimenta em velocidade máxima? Eu não! E assim como eu, acredito que a maioria das pessoas também não. Clareza de propósito e objetivos traz uma contribuição significativa para a performance na execução do trabalho. Muitos líderes seguem focando sua atenção em números e prazos, mas não deixam claro para o quê eles são necessários. 

4. Sou incentivado a me desenvolver.

Nenhuma tarefa será entregue com melhor qualidade e melhor tempo se eu não tiver as competências necessárias para realizá-la. Por exemplo: tenho gravado alguns vídeos com o objetivo de compartilhar conteúdos, mas minha performance tenho sido sofrível, pois não tenho as habilidades necessárias para essa tarefa. Contudo, na medida em que me sinto encorajada, invisto tempo em desenvolver as competências que me faltam, o que pode contribuir para uma melhora no futuro. Quando, no ambiente organizacional, não dou o tempo necessário e não deixo claro o que precisa ser desenvolvido no âmbito das competências, sejam técnicas ou comportamentais, os resultados são impactados e, dificilmente, estarão melhores no futuro. 

5. Tenho colaboração e posso colaborar com os outros.

Como seres humanos, somos seres sociais. Raras exceções, o comum é precisarmos colaborar com os outros ou recebermos contribuições para realizarmos nossas tarefas na organização. Sendo assim, a comunicação precisa fluir entre as pessoas, entre as células de trabalho e por toda a organização.

6. Sinto que posso sobreviver à falha.

Enquanto o medo de falhar se sobrepuser à coragem para realizar algo novo, minha performance será impactada. Alcançar formar mais eficientes de realizar uma tarefa dependerá da possibilidade de experimentar coisas novas, novos jeitos de fazer. Se eu sinto que a falha pode me levar à punição, certamente, isso será um limitador. Afinal, ser punido no ambiente de trabalho não é lá muito agradável. Desenvolver uma cultura de aprendizado e feedback pode ser uma grande contribuição.

Penso que alcançar a alta performance depende, em primeira instância, de reconhecer que somos humanos e únicos e que não há uma estratégia ou solução única, assim como para um equipamento ou uma máquina. 

Quais têm sido suas estratégias para alcançar um melhor nível de performance no ambiente de trabalho?

Leia mais artigos no blog:

https://www.fabianamello.com.br/afinal-o-que-e-management-3-0/

https://www.fabianamello.com.br/as-habilidades-do-futuro-nao-sao-tecnicas-sao-comportamentais-quais-delas-voce-possui/

https://www.fabianamello.com.br/voce-tem-as-habilidades-para-liderar-uma-equipe/

Últimas Atualizações:

Menu